Últimas Notícias

Justiça Eleitoral de Minas torna Pimentel réu por tráfico de influência e lavagem

O ex-governador de Minas Gerais Fernando Pimentel (PT) virou réu por tráfico de influência e lavagem de dinheiro, informa a Folha.
Ao aceitar a denúncia, a juíza Luzia Divina de Paula Peixôto, da 32ª Zona Eleitoral de Belo Horizonte, também transformou em réus Marco Antônio Estellita de Salvo Coimbra, Benedito Rodrigues, Márcio Hiram Guimarães Novas e José Auriemo Neto.
O inquérito, que tramitava no Superior Tribunal de Justiça (STJ), chegou em janeiro deste ano à Justiça Eleitoral de Minas, onde tramitam outras duas ações contra o petista.
Conforme a denúncia, o empresário José Auriemo Neto afirmou, em delação premiada, que Pimentel utilizou sua influência como ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil do governo Dilma para ajudá-lo a conseguir autorização para a construção de um aeroporto na região metropolitana de São Paulo.
Foto: José Cruz/ Agência Brasil

Nenhum comentário